sexta-feira, 30 de março de 2012

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do RJ: Abertas as inscrições para dois cursos de Ilustração Botânica na ENBT

Os interessados em desenvolver a técnica de ilustração com nanquim e grafite podem se inscrever em Ilustração Botânica I até 2 de abril. Já o curso de Aquarela Botânica aceita inscrições até 24 de abril.
O curso de Ilustração Botânica I tem 72 horas e aborda o desenho de espécies vegetais na técnica de nanquim e grafite, com aulas às terças e quintas, turmas no período da manhã ou tarde. Já o curso de Aquarela Botânica tem 18 horas/aula e será oferecido em seis sábados, das 9h às 12h.
Ambos os cursos são ministrados pelos professores Malena Barreto e Paulo Ormindo, especialistas em Ilustração Botânica pelo Kew Gardens, Londres, e renomados ilustradores com várias exposições e publicações na carreira. Informações completas sobre os curso podem ser obtidas em www.jbrj.gov.br/enbt ou pelo tel. (21) 3875-6209.
Inscrições na Secretaria de Extensão da Escola Nacional de Botânica Tropical, Rua Pacheco Leão, 2040 - Solar da Impetratriz, Horto, Rio de Janeiro.

Abertas inscrições para o 14º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte

A Fundação Clóvis Salgado informa que estão abertas as inscrições para filmes que queiram participar do 14º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte. As inscrições poderão ser feitas, de 30 de março a 10 de junho, no site www.shortfilmdepot.com.

Poderão se inscrever curtas-metragens finalizados em 2011 ou 2012, com até 40 minutos de duração, de todos os gêneros, finalizados em película 35mm, 16mm ou em formato digital.

O 14º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte acontece de 14 a 23 de setembro deste ano, em dois espaços do Palácio das Artes, Cine Humberto Mauro e Sala Juvenal Dias. O Festival prevê a concessão de prêmios pelo júri oficial e pelo júri popular aos melhores filmes. O FestCurtasBH tem o objetivo de difundir a produção de curtas-metragens, estimular a reflexão sobre os filmes exibidos e incentivar o intercâmbio entre a produção brasileira e internacional.
Em 2011 o Festival recebeu 2.635 inscrições do Brasil e do mundo, totalizando 106 países participantes. Desse total, 125 filmes, de 55 países, foram exibidos entre as Mostras Competitivas Internacional, Brasil e Minas e outras seis mostras especiais. Durante dez dias cerca de 4.000 pessoas acompanharam as 70 sessões, além de debates com os realizadores, oficinas e um workshop, todos gratuitos.
O festival conta ainda com um programa de itinerâncias, que no ano passado levou parte de sua programação para outras dez cidades do Estado, atingindo um público de 12 mil pessoas.

>> Confira aqui o Edital(90,4Kb).pdf



Inscrições para as mostras competitivas do 14º Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte
Data: 30 de março a 10 de junho
Inscrições gratuitas
Informações: (31) 3236-7400 / www.festcurtasbh.com.br

Fonte: http://www.fcs.mg.gov.br/noticia/17-1064,abertas-inscricoes-para-o-14º-festival-internacional-de-curtas-de-belo-horizonte.aspx


Fundação Clóvis Salgado: Projeto "Concertos no Parque"

Clique sobre a imagem para melhor visualização.

Dando início à temporada 2012 da consagrada série Concertos no Parque, o Coral Lírico de Minas Gerais (CLMG) se apresenta no Parque Municipal, no dia 31 de março, às 16 horas. No Concerto, o Coral Lírico apresenta trechos de óperas do compositor italiano Giuseppe Verdi (1813 -1901), um dos músicos mais influentes do século XIX. Sob regência do maestro Márcio Miranda Pontes, o CLMG recebe o pianista convidado Wagner Sander Delmondes.  


Dica Literária: GENÉTICA - ESCOLHAS QUE NOSSOS AVÓS NÃO FAZIAM

GENÉTICA - ESCOLHAS QUE NOSSOS AVÓS NÃO FAZIAM

MAYANA ZATZ
Editora GLOBO

Esta obra aborda os avanços em ciência genética e suas implicações éticas e morais. Entre seus capítulos, estão - 'paternidade ou o direito de não saber'; 'diagnóstico pré-natal'; 'menino, menina e o que você faria se pudesse escolher'; 'projeto Genoma'; 'pesquisas com células-tronco'; 'o que nos reserva o futuro', entre outros.

PROJETO SOIRÉE MUSICALE apresenta NOTRE DAME DE PARIS


quarta-feira, 28 de março de 2012

IBC: Projeto “Conversando com o Autor”.

O Acervo Bibliográfico, em parceria com o IBCentro, convida os pesquisadores na temática da deficiência visual para a inauguração do Projeto “Conversando com o Autor”.
O primeiro autor será o Prof. Dr. João Vicente Ganzarolli de Oliveira no dia 11/04/2012 de 14:00h às 16:30h, no Acervo Bibliográfico do Instituto Benjamin Constant.
As inscrições serão realizadas no dia e local do evento.
Distribuição de certificados aos participantes.
Contamos com a sua participação.

INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT
Avenida Pasteur, 350 / 368
Urca - Rio de Janeiro - RJ
Brasil
CEP: 22290-240

Cultura & Meio Ambiente: Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental chega a sua 14ª edição

Estão abertas as inscrições para o 14º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (FICA), que será realizado na Cidade de Goiás entre os dias 26 de junho a 1º de julho.
Os interessados em participar podem inscrever, até o próximo dia 9 de abril, filmes nos gêneros ficção, animação ou documental com temática ambiental produzidos em qualquer parte do mundo.
Paralelamente à mostra competitiva, o FICA também promoverá ações de difusão, produção, formação e capacitação na área do audiovisual. (...)

Curso: AS GERAÇÕES X, Y & Z - O PERFIL E A CONVIVÊNCIA ENTRE PAIS E FILHOS

A convivência entre diferentes gerações nunca foi fácil, especialmente no decorrer do século XX. Mas, com as mudanças comportamentais resultantes da velocidade imposta pela tecnologia e pelo maior fluxo de informação, as últimas três gerações viram essa convivência ficar ainda mais intensa. O curso definirá o perfil de cada geração, as diferenças e peculiaridades das gerações X, Y e Z, e como elas influenciam as relações entre pais e filhos e/ou professores e alunos no ambiente familiar e escolar. 

Início: 18 ABR
Duração: 4 encontros semanais
Dias/horários: Quartas-Feiras, às 17h (18/04, 25/04, 02/05, 09/05)
Valor: R$ 200,00 na inscrição + 1 parcela de R$ 200,00
Inscrições e mais informações: Tel.: (21) 2227-2237 222-SABER
Horário de funcionamento: segunda a sexta: 11h às 20h
E-mail: inforio@casadosaber.com.br


18 ABR | 1. A “SOPA DE LETRINHAS” GERACIONAL: X, Y, Z
O que define cada uma dessas gerações e as diferenças entre elas?
Fabio Barbirato, Gabriela Dias


25 ABR | 2. COMO AS DIFERENÇAS GERACIONAIS ATINGEM E PODEM DESESTABILIZAR AS FAMÍLIAS?
O que há para aprender com as novas gerações?
Fabio Barbirato, Gabriela Dias


02 MAI | 3. COMO AS FAMÍLIAS E O AMBIENTE ESCOLAR INFLUENCIAM A FORMAÇÃO DAS GERAÇÕES X, Y E Z
Tecnologia e educação. O mundo acelerado dos smartphones e tablets. Como conviver com a maior quantidade de informações recebidas na história da humanidade.
Fabio Barbirato, Gabriela Dias


09 MAI | 4. COMO AS DIFERENÇAS DE PARADIGMAS INFLUENCIAM NA CONVIVÊNCIA GERACIONAL EM CASA E NA ESCOLA
Fabio Barbirato, Gabriela Dias


Ministrado por:
Fabio Barbirato. Médico psiquiatra pela UFRJ, professor de Psiquiatria Infantil na PUC-Rio, coordenador geral da Psiquiatria Infantil da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e coordenador do Departamento de Psiquiatria Infantil da Associação de Psiquiatria do Rio de Janeiro. É membro da Academia Americana de Psiquiatria Infantil e Europeia. Autor do livro "A mente do seu filho".

Gabriela Dias.
Psiquiatra, mestre em Psiquiatria e Saúde Mental pela UFRJ e especialista em Saúde Mental e Desenvolvimento Infantil pela Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Professora da Faculdade de Medicina Souza Marques. Autora do livro "A mente do seu filho".


Fonte: http://www.casadosaber.com.br/curso.php?cid=3148


Novidades no Museu da Língua Portuguesa em SP

A partir de 17 de abril o Museu da Língua Portuguesa exibirá sua nova mostra temporária: Jorge Amado e Universal.
A nova exposição do museu é uma homenagem ao grande escritor baiano Jorge Amado que criou e eternizou mais de 300 personagens.Sua vasta obra foi publicada em 55 países e versada para 49 idiomas.Em 1994 o autor foi agraciado com o respeitado Prêmio Camões e neste ano de 2012 Jorge Amado completaria 100 anos de vida.

Exposição: “Conhecimento:custódia e acesso”

Sistema Integrado de Bibliotecas da USP comemora seus 30 anos com exposição “Conhecimento:custódia e acesso”
De 13 de Março a 29 de Abril de 2012
De terça a domingo, das 10h às 17h30(entrada franca pelo portão 3)
www.sibi.usp.br/30anos

Saúde & Cidadania: Uso de Corantes

Pesquisa na FCFRP demonstra riscos de corantes à saúde humana

Centro Cultural UFMG: Oficina de Dança Contemporânea

Clique sobre a imagem para obter uma melhor visualização.

UFLA: Festival Cultural 2012

Clique sobre a imagem para obter uma melhor visualização.

Convite da ABT - Posse da nova Diretoria



ABT - ACADEMIA BRASILEIRA DE TROVA
Fundação: 26 de dezembro de 1960
Rua Teixeira de Freitas, n° 5, 3° andar, s.303 (IHGB – auditório CONFALB)
Lapa,Rio de Janeiro, RJ – Brasil / CEP: 20021-350
Telefones: 2252 -7705

CONVITE

A Academia Brasileira de Trova vem, pelo presente, convidar acadêmicos, poetas, escritores, amigos e interessados, para a SESSÃO SOLENE DE POSSE da nova Diretoria NO DIA 3 (TRÊS) DE ABRIL, TERÇA FEIRA, ÀS 16 horas, e de alguns novos trovadores:
CADEIRA N° 45: OLEGARIO MARIANO = ACADÊMICO ABILIO KAC
CADEIRA Nº 21: CRUZ E SOUZA = ACADÊMICO SALVADOR PEREIRA MATOS (SAPEMA)
CADEIRA N° 12: AUTA DE SOUZA =ACADÊMICA HELENA MARTINS RIBEIRO DA SILVA
CADEIRA Nº 09: ARTUR DE AZEVEDO, = ACADÊMICA MARILZA DE ABREU FIALHO
CADEIRA Nº 24: FAGUNDES VARELA=ACADÊMICO PAULO ROBERTO DE OLIVEIRA CARUSO
CADEIRA N° 08 : CATULO DA PAIXÃO CEARENSE = ACADÊMICO LYBIO MAGALHÃES
CADEIRA N° 40 : MARIO DE ANDRADE = ACADÊMICA MARIA AUGUSTA DOS SANTOS
Paralelamente, ocorrerá o lançamento do livro bilíngüe de aldravias (Português/Inglês) “FUEL FOR THOUGHT”, de autoria da acadêmica VANISE BUARQUE, com apresentação da trovadora Marilza de Castro.

Após a reunião, será servido o tradicional lanche acadêmico aos presentes. Esperamos a presença de todos convidados.

Messody Ramiro Benoliel
Presidente da A. B. T.


LOCAL: SEDE DA CONFALB (CONFEDERAÇÃO DAS ACADEMIAS DE LETRAS DO BRASIL),

RUA TEIXEIRA DE FREITAS, Nº 5, SALA 303 (PASSEIO PÚBLICO)

- ESQUINA COM A AVENIDA AUGUSTO SEVERO Nº 8 CENTRO-RJ –

Lançamentos da Editora Uapê no dia 10 de abril.

Clique sobre a imagem para obter melhor visualização.

terça-feira, 27 de março de 2012

Saúde & Cidadania: Tuberculose - segunda doença infecciosa que mais mata adultos depois do vírus HIV.

Mycobacterium tuberculosis ou Bacilo-de-Koch

‘É necessário uma pressão mais intensa para acabar com epidemia global de tuberculose’, diz Ban Ki-moon
O Secretário-Geral da ONU Ban Ki-moon pediu neste sábado (24/03), no Dia Mundial da Tuberculose (TB), um impulso maior para eliminar de uma vez por todas a segunda doença infecciosa que mais mata adultos depois do vírus HIV. Em 2010, quase 9 milhões de pessoas adoeceram com tuberculose e 1,4 milhão morreu, com 95% destas mortes ocorrendo em países em desenvolvimento. (...)
Saiba mais sobre a Tuberculose:

FJZB: Projeto "Zoo Alegria"


Num contexto de desigualdade social, não é difícil encontrar crianças que são privadas de muitas atividades recreativas e educativas que para boa parte das famílias são acessíveis e realizadas regularmente.
É o caso, por exemplo, de muitas crianças que não tiveram a chance de conhecer o zoológico e vivem assim, alheias de uma série de conhecimentos comuns às outras de mesma idade. Além disso, o lazer promovido por uma visita ao zoológico, a aventura de ver grandes animais e a oportunidade de conhecer animais tão diversificados é quase que um pré-requisito de uma infância feliz.
Na impossibilidade de trazer todas essas crianças ao zoológico, a equipe de educação ambiental e lazer visita a instituições, tentando levar um pedacinho do zôo a crianças que não tem nem como imaginá-lo.
Informações pelo telefone: (61) 3445-7013

Instituto Butantan: XXXII Workshop temático

Clique na imagem para obter melhor visualização.

BH: Pré-Conferências das Pessoas com Deficiência com inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para as pré-conferências regionais que preparam e antecedem a 3ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Os interessados em ser delegados na conferência municipal devem procurar sua respectiva regional para participar dos encontros. A conferência municipal será realizada na segunda quinzena de abril e terá como tema “Um olhar através da Convenção sobre Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU: novos desafios e perspectivas”.

As pré-conferências são realizadas com o intuito de formular propostas e selecionar os participantes que realmente estão envolvidos com a temática. Segundo o secretário municipal adjunto de Direitos de Cidadania, José Wilson Ricardo, a realização das pré-conferências é de fundamental importância. “O desafio de promover a inclusão do deficiente deve ser um comprometimento do poder publico e da sociedade civil”, disse.

Com abrangência municipal e caráter deliberativo, a meta da conferência é promover o debate sobre direitos, cidadania e compromissos com as pessoas com deficiência, buscado a conscientização da sociedade a respeito da dignidade de todos os cidadãos.

O coordenador municipal de Direitos da Pessoa com Deficiência, Jose Carlos Dias Filho, ressaltou que a conferência também tem o papel de analisar as políticas públicas que já foram implementadas e as que ainda dever ser criadas. “Vamos analisar a atuação do poder municipal de acordo com os temas propostos e formular propostas para serem empregadas nos níveis estadual e federal,” ressaltou.



Meio Ambiente & Cidadania: BH participa da Hora do Planeta

Pelo quarto ano consecutivo, Belo Horizonte participa da campanha Hora do Planeta, movimento simbólico proposto pela ONG internacional WWF, que convoca governos, empresas e população a apagar as luzes durante uma hora, com a finalidade de demonstrar preocupação sobre o aquecimento global e os problemas ambientais que a humanidade enfrenta. Este ano, a ação será realizada no sábado, dia 31, das 20h30 às 21h30. Como apoiadora do projeto, a Prefeitura de Belo Horizonte apagará as luzes da Praça da Bandeira, no bairro Cruzeiro, região Centro-Sul da capital. (...)

Acadêmico Tarcísio Padilha lança em São Paulo o livro “A Ontologia Axiológica de Louis Lavelle”


O Acadêmico Tarcísio Padilha lançará quarta-feira, dia 28 de março, o livro A Ontologia Axiológica de Louis Lavelle, no Espaço Cultural É Realizações (Rua França Pinto, 498, Vila Mariana, São Paulo). Na oportunidade, Tarcísio Padilha e o também Acadêmico Alfredo Bosi farão um bate-papo informal sobre o filósofo e metafísico francês, que terá, ainda, o lançamento de dois de seus livros: O erro de Narciso e A presença total e ensaios reunidos. A entrada é franca e os organizadores pedem aos interessados que façam suas reservas.


ABL dá início, na França, às comemorações do centenário de nascimento de Jorge Amado


A primeira homenagem da Academia Brasileira de Letras, comemorando este ano o centenário de nascimento do escritor baiano e Acadêmico Jorge Amado, foi realizada durante o “Salon du Livre”, que aconteceu de 16 a 19 de março, em Paris. Na oportunidade, juntamente com a Sorbonne, universidade da qual ele foi Doutor Honoris Causa, criou-se a “Jornada Jorge Amado”, com uma programação que incluiu conferências das Acadêmicas Ana Maria Machado, Presidente da ABL, e Nélida Piñon, e do Acadêmico Sergio Paulo Rouanet. A programação deste ano é variada e contará com a parceria de universidades e instituições culturais de quatro países europeus – França, Inglaterra, Espanha e Portugal – e do Brasil.
“Entendo que o centenário de Jorge Amado nos dá uma excelente oportunidade para fazer uma releitura de sua obra tendo em vista uma reconstrução crítica da mesma. Desde que começou a publicar seus livros nos anos 30, a recepção deles variou muito. Foram amados ou execrados, muitas vezes, por motivos extraliterários, pelo fato do autor ter pertencido ao Partido Comunista por muito tempo”, afirmou Ana Maria Machado, antes de viajar para a Europa, semana passada.
Segundo a Presidente da ABL, os livros de Jorge Amado foram amados e execrados “por causa de sua associação com a Bahia, com uma atmosfera solar e sensual, pitoresca, quase folclórica. Foram ainda elogiados ou desancados pela linguagem coloquial do autor, tão brasileira e longe dos modelos castiços lusitanos”. De acordo com Ana Maria Machado, o que a Academia propõe é que os livros de Jorge Amado sejam lidos ou relidos, para que cada leitor forme sua opinião e somente se situe nesse debate, por exemplo, depois de ler um romance como Tenda dos milagres.
Para apoiar essa proposta de releitura, a ABL vai atuar em duas frentes: nacional e a internacional. No Brasil, será feita uma grande exposição em agosto, mês do aniversário do homenageado, acompanhada de palestras, exibição de um ciclo de filmes baseados em sua obra e publicação de artigos na Revista Brasileira, da Academia. Internacionalmente, a programação também será variada, sempre em parceria com universidades e instituições culturais. No decorrer do ano, não somente na França, mais também em outros países europeus, haverá uma série de homenagens, em parcerias e na maioria das vezes com o apoio das embaixadas do Brasil naqueles países. Esses eventos incluem conferências, mesas-redondas, exposições, leituras públicas de textos do autor, exibição de filmes, shows musicais.
“É hora de reler Jorge Amado”, afirmou Ana Maria Machado.

REUNIÃO NO CENTRO DE LITERATURA DO FORTE DE COPACABANA - QUINTA FEIRA - 29 DE MARÇO - 18H‏

Clique sobre a imagem para obter melhor visualização.

Saúde & Cidadania: Câncer de mama

Clique sobre a imagem para melhor visualização.


Esta imagem é da Fundação Cristiano Varela sobre sintomas do câncer de mama.

Saiba mais em:

Posse Prof. Dr. José Luiz F. S.Júnior na ALB de Mariana‏



sexta-feira, 23 de março de 2012

Crônica do fim de semana!


Só mesmo com estômago de avestruz!

Por Alessandra Leles Rocha

Quando a tristeza bate, o esgotamento da alma parece inevitável, tudo fica cinza e lentamente entediado; de fato, não há com quem dividir a cruz. Não se trata de indiferença alheia, ou falta de fraternidade, ou de companheirismo,... mas o que sentimos no mais profundo das entranhas só pode ser medido e sentido no âmbito da própria intimidade, já que somos seres tão singulares.
Ainda que morfologicamente semelhantes, os seres humanos não são cópia de papel carbono ou molde de barro. De posse dos mesmos sentidos – audição, visão, olfato, paladar e tato -, o viver cotidiano sob o signo de influências diversas nos torna demasiadamente particularizados na confecção das tramas entre a razão e a emoção. Por isso havemos de cuidar das nossas dores e feridas por conta própria, porque o que nos parece dissecar o corpo para outros seria apenas um leve arranhão a ser limpo com água e sabão.
Por essa razão que tantos, durante o desabafo emocionado e profundo, escutam que devem se mirar em exemplos piores de sofrimento, para perceberem-se em melhor situação e conseguir “dar a volta por cima” nas adversidades. É claro que cada um carrega seu fardo de decepções, mágoas, angustias, revoltas e afins; mas, o que adianta efetivamente se debruçar sobre o muro de lamentações alheio para se sentir melhor? Somos diferentes; bem diferentes! E nossas mazelas também! E se não temos meios reais de medir sentimentos, como julgar se o meu é ou não maior que o seu?!
No mundo da pressa, do individualismo exacerbado, da superficialidade cibernética das relações, mais do que nunca “o ombro amigo” está em extinção, sobretudo nos grandes centros urbanos. Ninguém está disposto a ouvir o outro nas suas aflições; talvez, para que não se traiam e se descubram tão mal quanto quem está falando (Afinal, todo ser humano, de carne e osso, não está isento dos sentimentos!). Talvez, porque não queiram admitir a sua parcela de contribuição no mal estar alheio; pois, a vida se encarrega de tecer acontecimentos que levam a produzir impactos, positivos ou negativos, conscientes ou inconscientes, na vida de seus semelhantes e que não querem carregar sobre os ombros tamanha responsabilidade. Ninguém quer perder o fiapinho de tempo que conseguiu esticar no dia para oferecer em solidariedade de uma boa ação, por isso insistem em “amenizar” os fatos, como se o outro padecesse de “superestimação”. Então, quando alguém começa a “desfiar o rosário” quem está ao redor vai saindo de fininho, desculpando-se por outro compromisso “inadiável”... Assim, as relações humanas vão se esgarçando e quem sofre vai sendo deixado de lado, estereotipado como “problemático”, “chato”, “baixo astral”,...
Muitos dizem que o sofrimento na vida é opcional; mas, se fosse tão simples assim os consultórios especializados não teriam tantos pacientes. Administrar as rédeas do próprio caminho, dormir e acordar exalando sucesso e perfeição, não é o quadro real da vida humana! Não nascemos com manual de instrução, nem podemos agir como em uma receita de bolo; daí a enorme dificuldade em ser, em estar, em fazer, em produzir,... em existir. Caindo e erguendo novamente, driblando e/ou contornando os obstáculos, assim dizem que deve ser a escrita dos dias. Mas para os maus momentos, os furacões e tormentas, o melhor caminho seja tratar os acontecimentos como algo que precisa ser digerido; sem pressa, sem tempo determinado. Apenas ruminar, ruminar... A digestão transforma o macro em micro para que possa ser absorvido e, neste caso, aprendendo a digerir com o cérebro e o coração ao invés do estômago.  No amplo desenvolvimento da prática, ainda que solitária, quem sabe não se consegue a glória de ter “estômago de avestruz”?! Aí, então, viver seria mais produtivo e menos doloroso.  

Prêmio Agente Jovem de Cultura - inscrições prorrogadas para 30 de abril



O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria de Cidadania Cultural (SCC/MinC) publicou no DOU de hoje, 29/02 (seção 1, páginas 13 e 14) portaria prorrogando para até o dia 30 de abril o prazo para os interessados se inscreverem no edital Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Interculturais que premiarará 500 iniciativas de jovens entre 15 e 29 anos.
O edital é uma parceria entre o MinC – que investirá R$ 2,9 milhões – e os ministérios da Saúde (R$ 1 milhão) e do Desenvolvimento Agrário (R$ 600 mil), além da Secretaria-Geral da Presidência da República/Secretaria Nacional de Juventude (R$ 500 mil).
Podem concorrer ao prêmio iniciativas existentes e já concluídas nas áreas de comunicação, tecnologia, pesquisa, formação cultural, produção artística, intercâmbio e sustentabilidade. Cada selecionado irá receber premiação no valor de R$ 9 mil. Os premiados poderão se inscrever de acordo com a faixa etária: serão 200 bolsas para jovens entre 25 e 29 anos, número igual para aqueles que têm entre 18 e 24 anos e outras 100 para os jovens de 15 a 17 anos. As inscrições poderão ser feitas pela internet, por meio do SalicWeb, ou pelos Correios. O MinC lembra aos interessados que as inscrições online só serão efetivadas depois que o inscrito clicar no botão “Enviar”.
O edital terá duas fases: habilitação das propostas (análise documental eliminatória) e seleção (eliminatória e classificatória). Os projetos serão avaliados a partir dos seguintes critérios: criatividade, inovação e boas práticas; impacto social da iniciativa; comprovação da qualidade e efetividade das estratégias de comunicação e de estratégias que promovam o empoderamento para o autocuidado; sustentabilidade valorização da cidadania e da diversidade cultural brasileira.
Para a secretária de Cidadania Cultural do MinC, Márcia Rollemberg, é importante identificar e valorizar o que vem sendo feito por jovens que trabalham com a cultura no Brasil. “Esse prêmio é o primeiro passo de um processo de ação mais ampla e permanente, que vai envolver trabalhos de fortalecimento da formação do agente jovem de cultura, incluindo bolsas de formação, com uma parceria, também, do Ministério da Educação (MEC)”, afirma Rollemberg.
Clique aqui e acesse todas as informações sobre o edital.


Leia mais:
MinC anuncia edital para a participação de jovens que produzem cultura no país

(Fonte: Ascom/MinC)


UFU: Casa da Cultura Graça do Axé oferece Oficinas Culturais

O projeto Graça do Axé oferece oficinas de Artesanato, Bordado, Capoeira, Cultura Brasileira, Cultura e contos africanos, Dança de salão, Espanhol, Pintura em seda, Produção de filmes, Redação e Português, e Teatro.

Os encontros começaram em março de 2012, de segunda a sábado. As inscrições ainda estão abertas e devem ser realizadas no Centro de Informação e Referência da Cultura Negra de Uberlândia e Região - Casa da Cultura Graça do Axé.

Endereço: Av. Cesário Crosara, 4187. Bairro Roosevelt.

Informações pelo telefone: (34) 32313454 ou 32394332

Curso: O MUNDO DOS EMBAIXADORES


Nem sempre embaixadores trabalham em salões imponentes e luxuosos, em cidades glamorosas e em reuniões frequentes com alguns dos mais poderosos líderes do planeta. Também representam seu país em lugares de conflito, em regiões conflagradas e turbulentas ou simplesmente pouco emocionantes. Entre um extremo e outro, porém, não faltam, nos círculos diplomáticos, histórias curiosas, engraçadas e surpreendentes. Todos guardam em suas memórias passagens anedóticas, relatos de intrigas, missões impossíveis e personagens singulares que serão lembrados em encontros descontraídos, com moderação do ex-ministro das Relações Exteriores Luiz Felipe Lampreia.

Início: 03 ABRIL
Duração: 4 encontros semanais
Dias/horários: Terças-Feiras, às 20h (03/04, 10/04, 17/04, 08/05)
Valor: R$ 180,00 na inscrição + 1 parcela de R$ 180,00


03 ABR | 1. VERA PEDROSA
Luiz Felipe Lampreia, Vera Pedrosa


10 ABR | 2. GEORGES LAMAZIÈRE
Luiz Felipe Lampreia, Georges Lamazière


17 ABR | 3. MARCOS AZAMBUJA
Marcos Azambuja, Luiz Felipe Lampreia


08 MAI | 4. LUIZ FELIPE SEIXAS DE CORREA
Luiz Felipe Lampreia, Luiz Felipe de Seixas Correa


Luiz Felipe Lampreia. Foi ministro das Relações Exteriores de 1995 a 2000. Serviu como embaixador do Brasil em Portugal, no Suriname e perante os organismos internacionais em Genebra. Foi secretário-geral do Itamaraty.

Vera Pedrosa. Foi embaixadora do Brasil na Dinamarca, no Equador e na França, quando participou da realização do Ano do Brasil na França. Foi também subsecretária de Assuntos Políticos do Ministério das Relações Exteriores. É poeta e crítica de arte.

Georges Lamazière. Diretor-geral do Instituto Rio Branco. Foi embaixador do Brasil na Dinamarca, cônsul-geral em São Francisco, EUA, e assessor especial e porta-voz da Presidência da República no governo de Fernando Henrique Cardoso.

Marcos Azambuja. Foi embaixador do Brasil na França e na Argentina, secretário-geral do Itamaraty e chefe da Delegação do Brasil para Assuntos de Desarmamento e Direitos Humanos, em Genebra. Coordenou a Conferência Rio-92 e presidiu a Fundação Casa França-Brasil de 2003 a 2006.

Luiz Felipe de Seixas Correa. Cônsul-Geral do Brasil em Nova York, EUA. Foi Embaixador do Brasil no México, na Espanha, na Argentina, na Alemanha e no Vaticano. Foi também Representante Permanente em Genebra perante a Organização Mundial do Comércio e a ONU. Foi ainda,em dois períodos, Secretário Geral do Itamaraty.

Inscrições e mais informações:
Tel.: (21) 2227-2237 222-SABER
Horário de funcionamento: segunda a sexta: 11h às 20h
E-mail: inforio@casadosaber.com.br